Os dentes são espelho da dieta


A cárie é uma doença causada por bactérias que destroem os tecidos dentais. O seu aparecimento está também relacionado à forma de alimentação adotada por cada pessoa, sua higiene oral e à resistência de cada indivíduo frente a essa infecção.

Uma boa higiene, associada ao controle da dieta, e a visita regular ao cirurgião dentista podem prevenir ou evitar por completo esse mal.

Desde crianças estamos acostumados a ouvir que doces provocam cáries e que devemos escovar os dentes após cada refeição.Porém, todos nós sabemos como é gostoso comer um chocolate, um biscoito ou uma bala. E se nós, adultos, muitas vezes não conseguimos resistir às guloseimas, como negá-las às crianças?

Precisamos passar a ingerir doces em horários corretos e adotar novos hábitos de higiene

Os doces são elementos constantes e já consagrados da nossa cultura, o açúcar é prova de afeto (você nunca presenteou ou recebeu bombons de alguém?) e até nossos momentos de descanso estão associados ao cafezinho combinado invariavelmente com o açúcar.

Então, para nos livrarmos das cáries, teremos que abdicar desses hábitos tão enraizados da nossa cultura e que tantos prazeres nos trazem? Não é necessário riscar o açúcar da nossa vida nem convencer nossos filhos a fazê-lo. Precisamos sim, passar a ingerir esses doces em horários corretos e adotar novos hábitos de higiene.

De fato, os doces provocam as cáries, mas indiretamente. O açúcar não agride o esmalte dos dentes. Ele serve de alimento para bactérias que liberam substâncias ácidas na superfície dentária, provocando um processo de descalcificação deste tecido.

Quando acabamos de comer, a saliva demora algum tempo para voltar ao normal

Já é sabido que ao ingerirmos os alimentos, ocorre um aumento do fluxo salivar. Essa saliva é secretada pelas nossas glândulas para participar, já durante a mastigação, do processo digestivo.

Ela é preparada de forma a dar início à degradação dos alimentos e por isso tem características ácidas (pH<7,0). Esse momento é crítico para nossos dentes, pois num ambiente bucal ácido temos perda de minerais dos tecidos dentários para esse meio.

Quando acabamos de comer, a saliva demora algum tempo para voltar ao normal e deixar de roubar minerais dos dentes. Depois, teremos então o processo inverso, a saliva passa a ceder minerais para os dentes para que esses possam se recuperar. Esse processo é chamado efeito tampão, e tende ao equilíbrio, sem grandes prejuízos para os dentes.

O que acontecerá se meia hora após o almoço ingerirmos um café ou uma balinha?

Se ao almoçarmos, nossa boca entra num estado crítico para os dentes, com perda de minerais para o meio bucal, e se a saliva demora um pouco para iniciar a atividade tampão, o que acontecerá se meia hora após o almoço ingerirmos um café ou uma balinha? Novamente nossa saliva se tornará ácida e haverá nova perda de minerais para o meio, antes mesmo que os dentes tenham se recuperado da primeira perda.

Nesse caso, o equilíbrio é quebrado e os dentes saem no prejuízo. Acrescido a esse processo, temos o agravante das bactérias aproveitando-se dos resíduos de açúcar e produzindo mais ácidos sobre a superfície do esmalte, que estará perdendo assim mais minerais.

Temos aí, de forma simplificada, o processo de formação da cárie dentária: Saliva ácida (devido à contínua ingestão de alimentos)+ bactérias produzindo ácidos (devido à constante presença do açúcar)= Cárie dentária

Veja como prevenir as cáries sem deixar de comer doces

De que forma então podemos ingerir doces e prevenir as cáries?

- Não deixe sua saliva num estado ácido por períodos prolongados de tempo. Evite ingerir alimentos que fiquem por muito tempo na cavidade bucal, como balas, pastilhas e chicletes (que podem permanecer por mais de 10 minutos na boca).

Se a vontade de ingerir um doce for incontrolável, opte por um bombom ou qualquer outro doce que fique na sua boca só enquanto você mastiga.

- Evite a ingestão de doces e guloseimas entre as refeições, procure ingerí-los como sobremesa, assim a saliva conseguirá efetivar o seu efeito tampão.

- Escove seus dentes e use fio dental logo após as refeições. Dessa forma você estará impedindo que as bactérias se aproveitem dos resíduos alimentares e facilitando o efeito tampão da saliva, já que os cremes dentais contêm minerais que podem ser utilizados pelos dentes, além de neutralizar a acidez na cavidade bucal.

- Quando estiver num local que impossibilite sua higienização, logo após a refeição coma um vegetal ou uma fruta crua e de consistência dura (cenoura, maçã).

O atrito dos dentes com esse tipo de alimento remove em parte os resíduos da alimentação, mas em hipótese alguma substitui a escova e o fio dental.

- Procure seu dentista. Ele irá orientá-lo sobre o uso de escova, fio dental, flúor e cremes dentais, além de verificar a existência de cáries.

- Assim você estará mantendo condições adequadas na cavidade bucal para dificultar o trabalho das bactérias e se livrar dessa doença.


Voltar ...


Nota: Todas as informações que compõem o conteúdo do site OdontoWeb têm caráter meramente informativo e ilustrativo. Nenhuma informação contida no site OdontoWeb deverá ser utilizada, sob hipótese alguma, para a execução de diagnósticos médicos, e de quaisquer outros procedimentos relacionados à saúde. Para tanto, sempre consulte e visite regularmente seu dentista.